Peeling químico: saiba o que é para que serve

mulher sorrindo
Rejuvenescimento facial: dúvidas comuns
Janeiro 11, 2016
rosto liso de mulher
Laser CO2 fracionado: indicações e contraindicações
Janeiro 26, 2016
Mostrar tudo
rosto de uma mulher

O peeling químico é usado em tratamentos estéticos para o rosto visando ao rejuvenescimento facial.

Mas o que é esse produto? E para que serve?

Saiba neste artigo!

O que é peeling químico?

Cada um tem uma finalidade diferente. O médico é quem ajusta a fórmula de acordo com as necessidades da paciente.

Usado com maior frequência na face, também se adota o peeling químico na melhoraria da pele do pescoço e das mãos.

Existem diversos tipos de peeling químico, que estão listados mais abaixo.

Para que serve?

O peeling químico é indicado para combater danos na pele causados pela exposição ao sol, acne e idade. O resultado do uso desse material é uma pele mais suave e jovem.

Utiliza-se esse produto para suavizar a textura da pele por meio da remoção de camadas exteriores danificadas.

Indicações para peeling químico:

  • Rugas.
  • Acne ou cicatrizes de acne.
  • Pele danificada pelo sol.
  • Sardas.
  • Pigmentação irregular da pele.
  • Cicatrizes.

O que o peeling químico não resolve?

  • Não trata rugas profundas.
  • Não trata excesso de pele ou de flacidez.
  • Não remove pequenos vasos visíveis.
  • Não altera o tamanho dos poros.
  • Não remove cicatrizes profundas.

Como funciona?

O médico aplica na pele da paciente soluções químicas que melhoram a textura e removem camadas exteriores danificadas.

Esse procedimento estético oferece pouquíssimo risco à paciente.

Tipos de peeling químico

Superficial

Remove-se apenas a camada exterior da pele (epiderme) com uma esfoliação leve, o que resulta em um brilho saudável.

Indicações para peeling químico superficial:

  • Pigmento irregular.
  • Ressecamento.
  • Acne.
  • Rugas superficiais.

Médio

Removem-se as células epiteliais da camada exterior da pele (epiderme) e da parte superior da camada média (derme).

Indicações para peeling químico médio:

  • Cicatrizes de acne.
  • Rugas mais profundas.
  • Tonalidade desigual da pele.

Profundo

Usa-se uma substância mais forte, chamada fenol, que penetra na camada inferior da pele (derme) a fim de obter os resultados desejados. Por isso, a recuperação leva mais tempo que os demais.

Pode ser que esse tipo de peeling exija anestésico local e sedação para evitar desconfortos da paciente.

Indicações para peeling químico profundo:

  • Rugas faciais profundas.
  • Pele danificada pelo sol.
  • Cicatrizes.
  • Áreas com aparência manchada.
  • Lesões pré-cancerígenas.

Contraindicações do peeling químico

Quem avalia as condições da paciente é o médico. Esses são apenas alguns pontos que podem receber atenção desde já para ajudar na decisão pelo procedimento:

  • Histórico de pele com cicatrizes.
  • Pigmentação anormal.
  • Origem negra ou asiática.
  • Verrugas.
  • Cabelos ruivos e pele clara com sardas.
  • Realizou tratamentos contra acne no último ano.

Quer saber mais sobre tratamentos estéticos para o rosto? Acesse este post sobre rejuvenescimento facial.

Compartilhe este artigo!