Tipos de ginecomastia e tratamentos

lábios femininos
Mitos sobre preenchimento labial
Março 1, 2016
rosto liso de mulher
Vantagens do laser CO2 fracionado para rejuvenescimento facial
Março 18, 2016
Mostrar tudo
homem sem camisa

A ginecomastia, ou mama masculina desenvolvida acima da média, ocorre devido ao acúmulo de gordura ou problemas hormonais. Tais alterações podem ser consequência de genética, doença ou uso de certas medicações.

Homens de qualquer idade podem apresentar a mama masculina muito desenvolvida. Embora a ginecomastia não seja uma doença, pode causar desconforto emocional e prejudicar a autoconfiança.

Alguns homens passam a evitar determinadas atividades físicas e relações íntimas para esconder essa condição, que se apresenta em 3 casos diferentes.

3 tipos de ginecomastia

  • Sem excesso de pele, com pouco tecido glandular concentrado em volta do mamilo.
  • Quantidade maior de tecido gorduroso espalhado.
  • Maior quantidade de pele.

Tratamento para ginecomastia

Quando a ginecomastia ocorre naturalmente em jovens, há chances de o problema sumir após a adolescência. Em outros casos de mama masculina com tamanho excessivo, resolve-se com cirurgia plástica.

O tipo de procedimento depende do volume e intensidade do tecido a ser retirado. Sendo assim, o médico é quem avalia e define a melhor solução.

Existem 3 tipos de tratamento para ginecomastia:

  • Lipoaspiração simples.
  • Lipoaspiração com remoção da glândula.
  • Lipoaspiração, remoção da glândula e retirada de pele.

A cirurgia consiste em cortar ao redor do mamilo para retirar o tecido gorduroso (lipoaspiração). Quanto mais complexo o caso, maior a necessidade de um procedimento cirúrgico para reposicionar os tecidos.

Na recuperação, aparecem edemas nos primeiros dias, que logo somem. Além disso, há falta de sensibilidade que pode durar até um ano.

Já as cicatrizes ficarão de maneira mais discreta possível.

Compartilhe!